Por onde andas BTT? Por onde andas voluntariado?

Por João Sanguinho (GEDA)

Ao longo de 13 anos, desde a sua fundação, o GEDA assumiu uma equipa de BTT.

 A manutenção e longevidade deste tipo de atividades depende de alguém impulsionador, interessado, que chame a si, em voluntariado, tal responsabilidade. Ao todo foram 31 os atletas que passaram pela equipa, tendo esta chegado a ser constituída por 12 elementos, até outros momentos em que foi formada por apenas 2 que vestiam as cores da associação.

Nesta oportunidade recuperamos um artigo publicado no ano de 2010 numa revista emag, onde se testemunhava a experiência do GEDA na organização de provas de Cross Country em BTT.

O passado ensinou-nos a perceber o presente e a encarar o futuro, o poder do voluntariado e o poder que todos nós humanos temos em fazer acontecer algo!

Aquilo que por vezes fazemos a titulo pessoal, poderia ser enquadrado numa dinâmica colectiva de voluntariado, com contributos para uma modalidade, para uma comunidade, para o enriquecimento dos jovens e das gerações ao futuro. O GEDA é esse espaço, onde se pode escolher a dimensão ou escala de envolvimento em voluntariado. Ao longo dos últimos 19 anos muitas crianças e jovens passaram pelo GEDA, hoje homens, tendo o esforço voluntario e gratificante dos seus fundadores valido a pena, dando a esses jovens oportunidades que lhes abriram horizontes.

Link para revista sobre BTT.

Obrigado!

GEDA no Caminho do futuro.

Comments are closed.